Arquivo da categoria ‘Negócios’

Muitos amigos e afiliados da minha organização têm me perguntado o que significa a expressão “cérebro de lagarto” que eu venho ultimamente mencionando em minhas conversas.   Aqui está uma animação em vídeo que descreve os sintomas do cérebro de lagarto. O conceito é baseado no novo  livro de Seth Godin “Linchpin“. As ilustrações foram desenhadas à mão e vetorizada pelo talentoso Martin Whitmore e animadas digitalmente por Blazonfire.

Anúncios

Assista agora esta mensagem sobre o fim do empregos e o início do empreendedorismo.

Seth Godin resumiu brilhantamente em um pensamento: A vida passa enrolada em uma bola, e se esconder no canto inferior parece menos arriscado, mas o fato é que certamente vai levá-lo ao tédio e finalmente, ao fracasso.

A pergunta é: Todo mundo tem medo. Onde você está colocando o medo?

O fundador da Mixerg, Andrew Warner, fez uma entrevista com o fundador da Squidoo’s e autor de 10 livros best-selling, Seth Godin, sobre as principais razões para você  iniciar um novo negócio em uma economia de baixo crescimento.

Veja aqui algumas dicas que ele mencionou:

1. – Reconhecer que você terá menos concorrentes.

Você deve saber que esta é a melhor coisa que já aconteceu com você, porque é muito mais fácil ser o vencedor, quando muitas pessoas estão saindo.

2.- Concentre-se em construção de valor

A ênfase não deve ser sobre “como faço para arrecadar dinheiro e contratar pessoas.” A ênfase deve ser em “como faço para construir valor hoje.”

Porque, a cada dia que você está fazendo isso, você está construindo valor, conectando com as pessoas que acham você insubstituível, então você vai se tornar insubstituível.

3.- Concentre-se no insubstituível.

O objetivo não é o quão rápido você pode contratar tantas pessoas quanto você puder. O objetivo é como suas pessoas são insubstituíveis.

4.- Ficar magro para derrotar os gigantes

Quando olhamos para os negócios online, eles não estão com 18 milhões de dólares e centenas de pessoas. Eles estão no Twitter, com uma equipe pequena de pessoas que têm muito foco e visão.

Leia mais aqui

Uma das maiores lições que eu aprendi recentemente sobre liderança partiu de um homem chamado Richard Lipscombe. Ele disse:

Hoje você precisa ser um líder que define o futuro para si mesmo, sua família, seu trabalho e sua comunidade … Como você pode fazer isso melhor? Em primeiro lugar você deve ser transparente em tudo o que você faz. Você deve ter o modelo de comportamento que você busca de outros.  Você deve manter suas comunicações curtas e precisas. Não desperdice o seu tempo conversando com pessoas que não estão centradas sobre o futuro … “

Eu concordo com ele. Nós, como líderes, somos responsáveis pelo nosso futuro e o futuro da nossa equipe. Se queremos desenvolver novos líderes em nossa empresa ou negócio, nosso objetivo é ensinar as pessoas como usar as habilidades de liderança para ser excelente. Hoje eu vou explicar uma das habilidades fundamentais para ser um líder que ensina a ser excelente.

Habilidade nº 1: criar meios de interação frequente

Interagir frequentemente com a equipe é uma maneira de gerar confiança. Os contatos podem ser individuais – pessoalmente ou por telefone. Sem isso, as pessoas se dispersam, esquecem o objetivo do trabalho e distanciam-se da missão da empresa.

Se você não colocaria um time de futebol em campo sem antes treiná-lo, por que haveria de esperar que sua equipe alcançasse o desempenho máximo sem interagir com ela frequentemente?

Tom Peters deu algumas sugestões fabulosas em seu blog:

  • Reunir-se diariamente, primeira coisa, com sua equipe de liderança para discutir seja o que for – verificar os pressupostos . Talvez se encontrar novamente no final da tarde. Reuniões no máximo de 30 minutos.
  • Excesso de Comunicação (“over” communicate).
  • Sublinhar “excelência em cada transação”.
  • Exercitar-se – incentivar sua equipe de liderança para duplicar o seu exercício – Se você não está se excercitando,  iniciar agora, se você não está se exercitando o suficiente, fazer mais, se você já é um guerreiro do exercício, não parar.

A minha pergunta: o que você está fazendo com sua equipe que faz de você um líder que ensina a ser excelente?

Valeria Maltoni escreveu um post muito inspirador para líderes, empreendedores e profissionais de marketing e mídia social, uma lista de pensamentos que abordam sentimentos, perspectivas, conhecimentos e opiniões  sobre o novo marketing,  onde nós podemos criar uma nova experiência com o cliente. Uma lista muito grande que muitas empresas devem imprimir e afixar em suas paredes!

Aqui estão os pensamentos:

  1. Ser curto nas páginas do site, muito em experiências com o usuário
  2. Otimizar o relacionamento, não taxa de cliques (Click-through)
  3. Usar o seu conteúdo e inteligência para elevar os outros
  4. Ser relevante
  5. Dar confiança e atendimento
  6. Perceber que a pessoa mais importante no telefone é o cliente
  7. Fazer perguntas e ouvir
  8. Simplificar
  9. Obter dados pessoais e ficar apresentável
  10. Aprender, melhorar, inovar
  11. Transformar seus processos de negócios
  12. Criar valor
  13. Ser apaixonado
  14. Ser autêntico
  15. Permanecer aberto à mudança
  16. Alterar os seus pressupostos
  17. Criar magia
  18. Fornecer uma plataforma para os clientes encontrarem outras pessoas com os mesmos interesses
  19. Construir interação em suas conversações
  20. Integrar, conectar os pontos, conectar-se
  21. Aprender a falar a língua do seu cliente
  22. Testar as suas idéias com o mercado
  23. Colocar as pessoas antes de procedimentos sempre que puder
  24. Usar jogos para acelerar a aprendizagem
  25. Deixar seus funcionários serem evangelistas
  26. Observar mais, julgar menos
  27. Descobrir onde você pode ser mais transparente
  28. Deixar a porta aberta
  29. Sorrir
  30. Ser contagioso
  31. Ir à milha extra
  32. Pensar a longo prazo, preparar-se para ser notável a cada momento
  33. Comunicar-se mais
  34. Conversar com as pessoas que querem falar com você
  35. Descobrir as associações profundamente emocionais com a sua marca
  36. Encontrar a sua tribo e liderá-la
  37. Ser ágil
  38. Adaptar
  39. Ser sincero
  40. Ser portátil – “mobile” é a próxima tecnologia
  41. Cultivar relacionamentos e idéias
  42. Ganhar sua mídia
  43. Focar no produto e na primeira experiência
  44. Lembre-se que mudar o mundo pode significar tornar a vida de alguém mais fácil
  45. Contar a história do cliente
  46. Investir em seus clientes
  47. Conhecer suas histórias e valores e vivê-las.
  48. Resolver os problemas dos clientes
  49. Ser curioso, interessado e interessante
  50. promover o intercâmbio, dando o exemplo.

Mais aqui

Se você acha que marketing de mídia social é um processo que capacita pessoas para promover os seus sites, produtos, ou serviços através de canais sociais online para se comunicar com uma comunidade muito maior do que

tem sido disponível através dos canais tradicionais, você está mal informado.

Veja o que Francois Gossieaux disse a respeito do que realmente é marketing de mídia social.

As empresas que têm uma abordagem de marketing de mídia social a  partir dessa perspectiva irão falhar … miseravelmente. Aqueles que perceberem o potencial real dos meios de comunicação social irão ganhar … grande momento.

Veja você,  marketing de mídia social não é sobre você falar com o público – é sobre eles falando um com os outros. É sobre ter uma janela aberta em tempo real sobre o que o mercado está pensando – o que eles gostam,  quem tem a confiança e quem não tem. É tudo sobre eles – e não sobre você.

Marketing de mídia social tem que ser rico em humanidade e  reciprocidade –  é você dar e receber. E eu recomendo que você comece a dar. Se você não fizer isso, as pessoas não só vão sair fora, eles vão castigá-lo por não respeitar as regras sociais básicas que governam as sociedades humanas a dezenas de milhares de anos. As pessoas não estão mais propensas a desfrutar de um feed em um twitter que vomita constantemente informações sobre uma empresa que eles estão desfrutando de uma pessoa em uma festa que só fala sobre si mesma.

Se você realmente quiser entender marketing de mídia social, comece a pensar como você pode ajudar um amigo ou colega para tomar uma decisão de compra.

Por alguma razão estúpida, as pessoas esquecem o ser humano quando pisam no escritório. É como se eles deixassem sua humanidade em casa e  reservassem apenas para amigos e familiares.

Marketing de mídia social é sobre o senso comum – é sobre ser real, autêntico (não há outra palavra que assume um novo significado no mundo corporativo), é ser útil.

É sobre o ser humano.

É simples – na verdade.

Seth Godin postou hoje em seu blog uma preciosa análise sobre a determinação. Ele disse:

Uma vez que a determinação está em seus olhos, o aprendizado vai cuidar de si mesmo.

Por outro lado, se eu posso ver o medo em seus olhos, então eu não tenho certeza de que a aprendizagem vai cuidar sozinha do problema. Ninguém pode provar que o caminho que você está é livre de risco  e dar a garantia que funcione. Procurando mais provas é inútil. Procurando mais determinação faz mais sentido.